A reabilitação no tônus ​​muscular e na mobilidade de indivíduos com paralisia cerebral são possíveis porque o cérebro é capaz de utilizar a neuroplasticidade. Neuroplasticidade se refere à capacidade do sistema nervoso central de fazer mudanças adaptativas e reorganizar seu circuito neural.

Como resultado, as funções afetadas por danos cerebrais, como o tônus ​​muscular, muitas vezes têm o potencial de ser religadas a regiões não afetadas do cérebro e melhoradas.

Leia mais

Fisioterapia

A fisioterapia para lesões incompletas da medula espinhal se concentra em melhorar o controle motor de um indivíduo por meio da prática repetitiva de exercícios direcionados. O Fisioterapeuta da ProSense avaliará as Leia mais

Como as lesões incompletas da medula espinhal resultam em danos parciais, algumas vias neurais no nível da lesão foram poupadas e permanecem intactas. Como resultado, a comunicação entre o cérebro e algumas áreas abaixo do nível da lesão é possível. Na ProSense nós potencializamos ainda mais essa comunicação e promovemos a função máxima. Mas não deixamos de lado a tentativa de reativar novas conexões.

Essas vias neurais poupadas desempenham um papel crítico na determinação da perspectiva de recuperação porque são capazes de utilizar a neuroplasticidade, mencionado anteriormente como reativar novas conexões. Neuroplasticidade se refere à capacidade do sistema nervoso central de fazer mudanças adaptativas com base nos comportamentos que praticamos repetidamente.

Quanto mais você pratica um movimento afetado pela LM, melhor a medula espinhal fica em perceber a demanda por essa função. Essa estimulação repetitiva estimula as vias neurais poupadas na medula espinhal para fazer mudanças adaptativas e religar as funções afetadas pela lesão em regiões saudáveis ​​e não afetadas. Além disso, ainda utilizamos recursos como e neuromodulação transmedular que potencializa as funções medulares, a esteira com suspensão de peso para aumentar o input sensorial e muito mais. A clínica ProSense sempre investe em tecnologias para promover o melhor tratamento possível.

Geralmente, quanto mais branda a lesão da medula espinhal, maior o potencial de recuperação. No entanto, desde que a lesão da medula espinhal seja incompleta, há potencial para recuperação funcional. Ao participar de terapias de reabilitação com os fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais da ProSense, os indivíduos podem receber o tratamento direcionado de que precisam para desenvolver o controle motor, enfrentar e melhorar sua independência.

Falando em tratamento:

O tratamento da lesão medular incompleta difere para cada indivíduo porque cada LM e seu processo de recuperação são únicos. Trabalhar com uma equipe de especialistas em reabilitação ajudará os indivíduos a identificar suas fraquezas específicas e desenvolvê-las.

Venha reabilitar com a ProSense, clique aqui e agende uma avaliação. Aqui somos capacitados, temos os recursos e estamos à sua disposição!

Dependendo do nível e da gravidade de uma lesão medular incompleta, os indivíduos podem experimentar uma ampla gama de efeitos secundários. Geralmente, quanto maior a gravidade da lesão medular, maior o risco de desenvolver complicações secundárias. Mas saiba que fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais sabem muito bem lidar com esses efeitos e ajudar você ou seu parente a melhorar sua qualidade de vida.

Os efeitos secundários de lesões incompletas da medula espinhal incluem: Leia mais

  1. Como saber se o recém-nascido tem síndrome de Dawn?

A síndrome de Down pode ser detectada durante a gravidez por meio de exames pré-natais ou diagnosticada após o nascimento com uma análise cromossômica chamada cariótipo.  

Os exames pré-natais são exames opcionais que podem ser realizados durante a gravidez para identificar o sexo, idade, tamanho e colocação do feto no útero. Os testes pré-natais também detectam condições cromossômicas, como síndrome de Down, defeitos cardíacos congênitos e outras doenças genéticas. 

Leia mais

Como tratar condições neurológicas com fisioterapia

Atendimento de Terapia Ocupacional

 

A Clínica Prosense trabalha atualmente com fisioterapia neurofuncional e ajuda as pessoas a melhorarem suas funções. Você pode pensar na fisioterapia como algo que você necessita após uma lesão esportiva ou após certos tipos de cirurgia. No entanto, a fisioterapia ajuda com uma variedade de problemas de saúde. Por exemplo, pacientes com câncer de mama que tiveram seus gânglios linfáticos removidos frequentemente recebem fisioterapia para ajudar com o Linfedema. A fisioterapia é fundamental para ajudar com distúrbios neurológicos e é a especialidade principal aqui da clínica.

 

Leia mais

O paciente quando recebe o diagnóstico de Parkinson passa a necessitar do acompanhamento da equipe de reabilitação, o qual poderá se estender para toda a vida. Dependendo da fase em que se encontra, o paciente pode ser avaliado pela fisioterapia e receber orientações com relação às suas necessidades, que a princípio, podem ser só orientações quanto à necessidade em aderir à alguma prática de atividade física. Como se trata de patologia de caráter progressivo, pode passar a precisar dos cuidados da fisioterapia em atendimentos semanais aqui na clínica ProSense para minimizar os efeitos das alterações neuromúsculares, articulares, de equilíbrio, coordenação, sensoriais, alterações no padrão da marcha (caminhada). Pode desenvolver em uma fase mais tardia dependência para as atividades de vida diária e acometimentos cognitivos, fase em que conta com a ajuda da terapia ocupacional. Com relação às dificuldades da fala, deglutição e da comunicação em geral, conta com a ajuda da fonoaudiologia.

Leia mais

Queixa
Primeiramente vamos definir ‘queixa principal’: é o que o paciente deseja melhorar ou recuperar e geralmente se encontra dentro de alguma limitação em atividades do dia a dia ou restrição na participação social. Ou seja, algo que ele faz, porém deixou de fazer tão bem após uma condição de saúde e/ou disfunção e quer melhorar; ou alguma função que perdeu e quer recuperar.

Leia mais

As alterações neurológicas podem causar prejuízo nas atividades de vida diária, como vestir-se ou comer; e nas atividades instrumentais de vida diária, como dirigir, comprar e/ou administrar finanças.

 

O papel do terapeuta ocupacional nas disfunções neurológicas

O terapeuta ocupacional é fundamental na reabilitação, uma vez que visa resgatar o papel do indivíduo dentro da sociedade, bem como promover o máximo de independência e autonomia.

Leia mais

to

 

É considerado simples amarrar um sapato, ou usar os talheres, brincar no parquinho, ou escrever. Mas como amarrar um sapato se meu braço se movimenta com dificuldade? Usar talheres se minha mão não tem força para segurá-los? Como brinco com meus amigos no parque se tenho dificuldade para coordenar meu corpo? Ou escrever no meu trabalho se não consigo segurar uma caneta?

Leia mais