O tônus ​​muscular baixo ou flácido (hipotonia) é um efeito secundário de um dos tipos de paralisia cerebral que pode tornar um desafio para os indivíduos a execução de uma variedade de movimentos e funções cotidianas. Embora seja muito mais comum que os indivíduos com paralisia cerebral experimentem um tônus ​​muscular alto do que um tônus ​​muscular baixo, também é possível que os indivíduos experimentem uma mistura de ambos. Com um plano de gerenciamento personalizado traçado por profissionais da clínica ProSense, os indivíduos com paralisia cerebral podem aprender a controlar com eficácia o tônus ​​muscular anormal e melhorar suas habilidades funcionais.

O que causa a hipotonia em indivíduos com paralisia cerebral?

A paralisia cerebral é uma deficiência motora que afeta os movimentos de uma pessoa. Nossos músculos criam movimento ao se contrair e relaxar. Indivíduos com hipotonia não têm tensão muscular em repouso, o que aumenta o risco de lesões e dificulta a coordenação dos movimentos.

A maioria das crianças com hipotonia devido à paralisia cerebral será diagnosticada por volta dos 6 meses de idade. No entanto, as formas mais brandas de hipotonia podem passar despercebidas até que a criança fique mais velha.

Como identificar e melhorar o tônus muscular baixo?

Alguns sinais de hipotonia na paralisia cerebral:

Cada caso de paralisia cerebral é único. Como resultado, mesmo indivíduos com o mesmo tipo de PC podem ter sinais e sintomas completamente diferentes. Os sinais de hipotonia da paralisia cerebral:

Membros frouxos ou flácidos;

Mínimo ou nenhum controle do pescoço (inclinação da cabeça para o lado ao sentar-se ou incapacidade de levantar a cabeça ao se deitar de bruços);

Atrasos de desenvolvimento;

Quedas frequentes e falta de jeito;

Flexibilidade extrema;

Movimentos lentos e reflexos;

Uma voz suave ou fraca;

Dificuldades de alimentação;

Postura de base ampla ao caminhar, sentar ou ficar em pé;

Fadiga.

Embora o dano cerebral que causa a paralisia cerebral não piore com o tempo, efeitos secundários como a hipotonia podem progredir e afetar significativamente a qualidade de vida de um indivíduo. Portanto, o manejo adequado do tônus ​​muscular anormal é essencial para a independência funcional de longo prazo.

O tratamento precoce da paralisia cerebral e seus efeitos secundários é crucial para maximizar a função do seu filho. Na verdade, muitos indivíduos com hipotonia são capazes de aumentar o tônus ​​muscular e melhorar sua função geral por meio de práticas repetitivas e específicas para cada tarefa. É isso que fazemos na clínica ProSense.

Então, agende uma avaliação conosco por aqui, para que possamos traçar um plano de tratamento incrível e melhorar a função do seu filho.