ProSense – Centro de Reabilitação Neurofuncional Integrada

Quais as possíveis causas da Paralisia Facial?

banner blog adulto_11zon

Quais as possíveis causas da Paralisia Facial?

Na paralisia facial (PF) ocorrem comprometimentos de ordens estética e funcional dos músculos faciais. Muitas podem ser as razões que resultam na paralisia facial, algumas das possíveis causas são: traumatismo, quadros infecciosos, tumores, AVC e a Paralisia de Bell.

Com relação à etiologia, diversos estudos demonstram que a Paralisia de Bell ou idiopática é o diagnóstico mais frequente, atingindo mais da metade dos casos.

As paralisias faciais são classificadas em relação à localização da lesão e podem ser divididas em dois grupos: paralisia facial central (PFC) e paralisia facial periférica (PFP). A classificação correta desta, permite não só diagnóstico assertivo, mas também estabelecer o melhor prognóstico e tratamento.

Para você que acabou de chegar no site por este artigo, quero que você saiba que a Clínica Prosense, é uma referência nacional em reabilitação de lesões e problemas neurológicos. A equipe multidisciplinar, altamente especializada, e com recursos tecnológicos e instrumental propício para aceleração da sua independência e reabilitação.  Seja bem vindo e boa leitura!

O tempo de recuperação é indeterminado, podendo haver uma regeneração total ou parcial dos movimentos faciais, dependendo de suas diversas etiologias, da idade do paciente e de como o caso foi conduzido pelos profissionais da saúde envolvidos.

Como a Fonoaudiologia pode ajudar?

A Paralisia Facial tem sido progressivamente, objeto de estudo dos fonoaudiólogos que trabalham com motricidade e reabilitação orofacial.  Este avalia a mímica facial e as funções relacionadas a essa musculatura, como a fala, a mastigação, a deglutição e a sucção.

A intervenção fonoaudiológica tem como objetivo promover a recuperação dos aspectos funcionais e estéticos.  Esta deve ser iniciada precocemente, pois a recuperação das funções depende do tipo e grau de comprometimento, do tempo de reinervação, bem como as suas conexões motoras e sensoriais.

Formas de tratamentos utilizados para a (PF) Paralisia Facial

Na reabilitação os exercícios e recursos serão utilizados de acordo com a especificidade de cada caso.

O profissional pode utilizar de exercícios oromiofuncionais:

Termoterapia para relaxamento,

Crioterapia para alerta sensorial do sentido da contração muscular,

Fotobiomodulação (Laser de baixa potência) e Kinesiotaping (bandagem elástica).

O trabalho interdisciplinar, entre Fonoaudiólogos, Neurologistas, Otorrinolaringologistas e Oftalmologistas é de suma importância, mas vale ressaltar que a colaboração e a adesão do paciente à terapia são essenciais para o sucesso de tratamento.

Na Prosense você encontra um atendimento interdisciplinar composto por Fonoaudiólogos, Terapeutas ocupacionais e Fisioterapeutas que se empenham nos tratamentos inovadores voltados para o cuidado dos nossos pacientes.

Antes do tratamento

Depois do tratamento

ProSense

A Clínica ProSense é referência nacional em tratamento de lesões e sequelas decorrentes de AVC. Nosso compromisso vai além da excelência clínica, estendendo-se ao apoio integral à família durante todo o processo de recuperação. Acreditamos na importância de uma abordagem multidisciplinar, oferecendo serviços especializados em fisioterapia neurofuncional intensiva, fonoaudiologia e terapia ocupacional.

Contamos ainda com uma gama de técnicas modernas e equipamentos importados para garantir o mais alto padrão de cuidado. Na ProSense, acreditamos que a jornada de recuperação é uma experiência compartilhada, e nossa equipe está aqui não apenas para fornecer todo o apoio necessário aos pacientes, mas também às suas famílias

Sua primeira vez no nosso site?

A Clínica Prosense é referência nacional em reabilitação de lesões e problemas neurológicos.
Trazemos inovações de todo o mundo e tratamos com a excelência que você merece!
Marque uma avaliação pelo Whatsap ou nos telefones:(11) 5199-9033| (31) 3088-2135

Responsável ProSense:

Dra. Michelle Coutinho Atherton
Fundadora – CEO – Fisioterapeura Neurofuncional
Mestre em Neurologia . UFMG
CREFITO: 118113F

Referência:

https://doi.org/10.1590/1982-021620159114

https://doi.org/10.1590/S1809-48722011000400008

https://doi.org/10.1590/S1516-18462008000100010

Escrito por Ana Carolina Fonoaudióloga CRFa6-6-9456

Leia também