O fisioterapeuta neurofuncional é o profissional especializado tratamentos de disfunções neurológicas. Ele atua de diversas formas em relação ao sistema nervoso central e/ou periférico, na prevenção primária contra danos ao sistema nervoso, prevenção secundária de complicações após uma lesão neurológica, curativa em relação as sequelas da doença, e adaptativa com foco em melhora na realização das atividades diárias e/ou paliativa.

Leia mais

As alterações neurológicas podem causar prejuízo nas atividades de vida diária, como vestir-se ou comer; e nas atividades instrumentais de vida diária, como dirigir, comprar e/ou administrar finanças.

 

Leia mais

É considerado simples amarrar um sapato, ou usar os talheres, brincar no parquinho, ou escrever. Mas como amarrar um sapato se meu braço se movimenta com dificuldade? Usar talheres se minha mão não tem força para segurá-los? Como brinco com meus amigos no parque se tenho dificuldade para coordenar meu corpo? Ou escrever no meu trabalho se não consigo segurar uma caneta?

Leia mais

Você sabia que a tecnologia assistiva pode te auxiliar a preparar sua refeição, tomar um banho, vestir sua roupa e até posicionar seu braço, esses equipamentos ou serviços facilitam seu dia a dia melhorando sua independência, qualidade de vida e auto estima.

Leia mais

Após sofrer o AVC (Acidente Vascular Cerebral) a pessoa se vê em um novo panorama, onde as atividades antes “simples” (amarrar um sapato, pentear o cabelo, alimentar-se com garfo e faca, trocar de roupa, …) viram um grande desafio e algo tão íntimo acaba sendo feito por outras pessoas.

Quer um terapeuta ocupacional de excelência? A ProSense conta com uma equipe multidisciplinar para te atender Clique aqui para conversar com a gente pelo whatsapp ou clique aqui para nos ligar!

Leia mais

Isso pode ser sinal de que há “cristais soltos” dentro do labirinto, no ouvido interno. Dá-se o nome de VPPB (Vertigem Posicional Paroxística benigna) quando movimentos de cabeça causam o deslocamento de otocônias (fragmentos de cálcio) dentro dos canais do ouvido. Assim, toda vez que o labirinto percebe qualquer movimentação da cabeça (olhar para os lados, olhar para cima etc.,) surge a sensação de tontura.

Leia mais

O quadro de AVC pode desencadear uma série de comprometimentos como alteração cognitiva, dificuldade de comunicação e alterações no processo de deglutição. Essas inabilidades podem levar você ao isolamento social e causar resultados graves como a desidratação, desnutrição e infecções pulmonares. O fonoaudiólogo atua, juntamente com uma equipe multidisciplinar, na avaliação e na reabilitação das funções comprometidas, proporcionando uma melhor qualidade de vida a você e à aqueles que ama.

 

Leia mais

A Esclerose Lateral Amiotrófica é uma doença neurodegenerativa de causa ainda não bem definida e ainda sem cura. Ela começa a se manifestar com fraquezas musculares em mãos, braços e pernas, geralmente em pessoas com cerca de 50 anos, podendo também acometer os mais jovens, a partir dos 20 anos. A partir dos primeiros sintomas, a previsão geral de sobrevida é de três a quatro anos. Por ser uma doença rara, o seu diagnóstico em média demora cerca de um ano para ser alcançado e depois disso o tratamento tenta diminuir a evolução rápida dos sintomas com medicamentos.

Leia mais

É o uso das habilidades mentais para adquirir aprendizado sobre o mundo, o conjunto dos processos mentais usados no pensamento na classificação, reconhecimento e compreensão para o julgamento através do raciocínio para o aprendizado de determinados sistemas e soluções de problemas.

Leia mais

O envolvimento bulbar é comum em pacientes com esclerose lateral amiotrófica (ELA), levando a uma perda progressiva das habilidades de fala, fonação e deglutição.  Leia mais