O QUE É ESCLEROSE MÚLTIPLA?

A Esclerose Múltipla (EM) é uma doença neurológica, crônica e autoimune – ou seja, as células de defesa do organismo atacam o próprio sistema nervoso central, provocando lesões cerebrais e medulares. A Esclerose Múltipla não tem cura e pode manifestar-se por diversos sintomas, como por exemplo: fadiga intensa, depressão, fraqueza muscular, alteração do equilíbrio da coordenação motora, dores articulares e disfunção intestinal e da bexiga.

Para você que acabou de chegar no site por este artigo, quero que você saiba que a Clínica Prosense, é uma referência nacional em reabilitação de lesões e problemas neurológicos. A equipe multidisciplinar, altamente especializada, e com recursos tecnológicos e instrumental propício para aceleração da sua independência e reabilitação.  Seja bem vindo e boa leitura!

 

As causas envolvem predisposição genética (com alguns genes já identificados que regulam o sistema imunológico) e combinação com fatores ambientais, que funcionam como “gatilhos”:

• infecções virais (vírus Epstein-Barr);
• exposição ao sol e consequente níveis baixos de vitamina D prolongadamente;
• exposição ao tabagismo;
• obesidade;
• exposição a solventes orgânicos;
• estes fatores ambientais são considerados na fase da adolescência, um período de maior vulnerabilidade.

Nos portadores de esclerose múltipla as células imunológicas invertem seu papel: ao invés de protegerem o sistema de defesa do indivíduo, passam a agredi-lo, produzindo inflamações. As inflamações afetam particularmente a bainha de mielina – uma capa protetora que reveste os prolongamentos dos neurônios, denominados axônios, responsáveis por conduzir os impulsos elétricos do sistema nervoso central para o corpo e vice-versa.

REABILITAÇÃO

O objetivo da reabilitação é melhorar e manter a função – um componente essencial do atendimento abrangente à EM. A partir do momento do diagnóstico, os especialistas em reabilitação fornecem educação e estratégias destinadas a promover a saúde. bem-estar e condicionamento físico para reduzir a fadiga e ajudá-lo a funcionar de forma ideal em casa e no trabalho. Se os sintomas começarem a interferir nas atividades cotidianas, a reabilitação pode resolver problemas como mobilidade, vestimenta e cuidados pessoais, direção, funcionamento em casa e no trabalho e participação em atividades de lazer. Especialistas em reabilitação também podem fornecer avaliação e tratamento das dificuldades de fala e deglutição, além de problemas com o pensamento e a memória.