Ao ser acometido pela lesão medular o indivíduo passar por alterações motoras, sensitivas e vicerais. Mas, além disso, sua independência e autonomia, bem como seus papéis ocupacionais sofrem impactos.

Para você que acabou de chegar no site por este artigo, quero que você saiba que a Clínica Prosense, é uma referência nacional em reabilitação de lesões e problemas neurológicos. A equipe multidisciplinar, altamente especializada, e com recursos tecnológicos e instrumental propício para aceleração da sua independência e reabilitação.  Seja bem vindo e boa leitura!

Caso essa lesão medular seja grave pode eliminar ou até mesmo interromper os papéis ocupacionais (pai/mãe, filho(a), trabalhador (a), amigo(a), etc) deste indivíduo. Até porque as incapacidades não são somente as físicas ou biológicas e sim também aspectos associados a fatores psicológicos, sociais e ambientais. Toda esta mudança impacta diretamente no
desempenho de atividades rotineiras.

A dependência de cuidados e diminuição da autonomia interferem no que o sujeito é, nas suas vontades e seus objetivos futuros. A Terapia Ocupacional fará sua intervenção baseada nos impactos que essa lesão pode causar na rotina destas pessoas. Estas intervenções englobam estímulos motor e sensorial, orientações de posicionamentos, acolhimento ao cuidador, prescrição de órteses e cadeira de rodas, adequação do ambiente domiciliar, prescrição de tecnologia assistiva, entre outras.

Em relação as tecnologias assistivas pode-se destacar algumas “simples” adaptações que fariam toda a diferença no dia a dia exemplo: com uma adaptação em garfo facilita a preensão para que ele coma sozinho, indicações de engrossadores para facilitar a utilização de uma escova de dentes ou cabelo, utilização de bordas em pratos, orientações específicas sobre determinada função, entre outros.

Contudo o terapeuta ocupacional é responsável por garantir a máxima independência e autonomia possível, direcionando seu olhar para os desejos e sonhos de uma pessoa que necessita ressignificar sua vida.